busca no site


A subjetividade no ambiente digital: uma abordagem semiótica no estudo das representações de perfis profissionais em redes sociais

Resumo/Abstract
Rebeka Figueiredo da Guarda

Resumo

A proposta deste paper é investigar os processos de representação da subjetividade por meio de perfis criados em redes sociais digitais com o propósito de destacar qualidades profissionais de seus usuários. Com base na Semiótica de Charles Sanders Peirce, discutimos de que maneira a computação ubíqua e a geração de grandes bases de dados digitalizados podem impactar os significados relacionados aos perfis, assumindo que estes últimos emergem de processos comunicacionais. Nessa perspectiva, apresentamos uma breve análise sobre os fatores que podem interferir na composição sígnica de perfis digitais e nos significados atrelados a eles a partir da observação empírica da rede social LinkedIn.

Palavras-chave: semiótica. representação. perfis profissionais. redes digitais. LinkedIn.

Abstract

The aim of this paper is to investigate the processes of representation of subjectivity through profiles created in digital social networks in order to highlight the professional qualities of its users. Based on Charles Sanders Peirce’s Semiotics, we discuss how ubiquitous computing and the generation of large digitized databases can impact meanings related to profiles, assuming that profiles emerge from communicational processes. From this perspective, we present a brief analysis of the factors that may interfere with the sign composition of digital profiles and the meanings associated with them from the empirical observation of the LinkedIn social network.

Keywords: semiotics. representation. professional profiles. digital networks. LinkedIn.

Paper / PDF

Download PDF

 

Bibliografia

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

ANANNY, Mike. Towards an Ethics of Algorithms: Convening, Obervation, Probability and Timeliness. Science, Technology & Human Values, v. 41, p. 1-25, 2015. Disponível em: < http://mike.ananny.org/papers/ananny_towardAnEthicsOfAlgorithms_2015.pdf>. Acesso em: 28 set. 2018.

BERGMAN, Mats. C.S. Peirce on Interpretation and Collateral Experience. Signs – International Journal of Semiotics, Dinamarca, vol. 4, p. 134-161, 2010.

COLAPIETRO, V. Peirce e a Abordagem do Self: Uma Perspectiva Semiótica Sobre a Subjetividade Humana. São Paulo: Intermeios, 2014.

FANAYA, Patrícia Fonseca. Semiótica e tradução: a intrincada rede de sistemas simbólicos fronteiriços. REU, Sorocaba, SP, v. 42, n. 1, p. 11–31, jun. 2016. Disponível em: < https://docplayer.com.br/91163203-Semiotica-e-traducao-a-intrincada-rede-de-sistemas-simbolicos-fronteiricos-1.html >. Acesso em: 28 set. 2018.

FLORIDI, L. A Proxy Culture. Philosophy & Technology. Holanda, v. 28, p. 487-490, 2015. Disponível em: <https://doi.org/10.1007/s13347-015-0209-8>. Acesso em: 10 fev. 2019.

______. The Fourth Revolution: How the Infosphere is Reshaping Human Reality. Oxford: Oxford University Press, 2014.

GILLESPIE, T. The relevance of algorithms. In: GILLESPIE, T.; BOCZKOWSKI, P. J.; e FOOT, K.A. (Org.). Media Technologies: Essays on Communication, Materiality, and Society. Cambridge: The MIT Press, 2014.

KATO, Rafael. LinkedIn Top Voices 2018: Brasil. LinkedIn, 2018. [on-line]. Disponível em: <https://www.linkedin.com/pulse/linkedin-top-voices-2018-brasil-rafael-kato/ >. Acesso em: 20 dez 2018.

LINKEDIN Corporation. About us. LinkedIn, 2018a. [on-line]. Disponível em: <https://news.linkedin.com/about-us#statistics>. Acesso em: 01 jul. 2018.

______. Sobre Nós. LinkedIn, 2018b. Disponível em: <https://about.linkedin.com/pt-br>. Acesso em: 01 set. 2017.

MANOVICH, Lev. O Banco de Dados. In: The Language of New Media. Trad.: Camila Vieira. Revista Eco Pós, UFRJ, v.18, n.1, 2015. Disponível em:< https://revistas.ufrj.br/index.php/eco_pos/article/view/2366>. Acesso em: 12 out. 2018.

ODRI, Guilherme. Top Voices: os brasileiros que se destacaram no LinkedIn em 2016.

LinkedIn, 2016a. [on-line]. Disponível em: <https://pt.linkedin.com/pulse/top-voices-os-brasileiros-quese-destacaram-linkedin-em-odri>. Acesso em: 01 set. 2017.

______. Top Voices: os Influencers brasileiros que se destacaram no LinkedIn em 2016. LinkedIn, 2016b. [on-line]. Disponível em: < https://www.linkedin.com/pulse/top-voices-os-influencers-brasileiros-que-se-destacaram-odri/ >. Acesso em: 01 set. 2017.

PARISER, Eli. O filtro invisível: O que a internet está escondendo de você. Trad.: Diego Alfaro. Rio de Janeiro: Zahar, 2012.

PEIRCE, Charles S. Semiótica. Trad.: José Teixeira Coelho Neto. São Paulo: Perspectiva, 2000.

ROMANINI, V. A Contribuição de Peirce para a Teoria da Comunicação. CASA: Cadernos de Semiótica Aplicada, v. 14, n.1, p. 13-56, 2016. Disponível em: <https://periodicos.fclar.unesp.br/casa/article/view/8082>. Acesso em: 10 mar. 2018.

SANTAELLA, L. A Teoria Geral dos Signos: Como as linguagens significam coisas. São Paulo: Editora Pioneira, 2000.

______. O que é semiótica. São Paulo: Editora Brasiliense, 1994.

SODRÉ, Muniz. A ciência do comum: notas para o método comunicacional. Rio de Janeiro: Vozes, 2014.

TIC Domicílios 2018. São Paulo: Centro Regional de Estudos para o Desenvolvimento da Sociedade da Informação (Cetic.br) do NIC.br e CGI.br, 2018. Disponível em: < http://data.cetic.br/cetic/explore?idPesquisa=TIC_DOM&idUnidadeAnalise=Domicilios&ano=2018 >. Acesso em: 29 ago. 2019.

  • RSS
  • email
  • Digg
  • del.icio.us
  • Facebook
  • Google Bookmarks
  • LinkedIn
  • MySpace
  • Netvibes
  • StumbleUpon
  • Tumblr
  • Twitter