busca no site


Visibilidade, reconhecimento e construção de identidades coletivas nas redes: Uma análise do canal do YouTube de Lorelay Fox

Resumo / Abstract

Juliana Rocha Franco

Priscila Borges

Gabriela de Sousa Moura

Resumo

O trabalho buscou compreender como se dá o processo de produção de visibilidade, performance identitária e reconhecimento do público queer na internet. O recorte estudado foi a construção de visibilidade de drags, travestis e transexuais no YouTube no contexto brasileiro e analisou-se os processos de constituição identitária de transexuais em um canal específico do YouTube (Canal “Para Tudo”) e como os processos de reconhecimento poderiam estar presentes nos comentários dos mesmos vídeos. Ao buscar visibilidade, identidade e reconhecimento na sociedade, o YouTube pôde ser pensado como um lugar de construção de semânticas coletivas e para a consecução dos objetivos empreendeu-se uma análise semiótica dos vídeos (Relação Signo em si e signo-objeto) em busca de performance identitária e a análise quantitativa da argumentação e da estrutura nos comentários em busca de evidências de reconhecimento (ou não).

Palavras-chave: Semiótica. Visibilidade. Reconhecimento.

Abstract

The work sought to understand how the process of producing visibility, identity performance, and recognition of queer audiences on the internet takes place. The focus was on the construction of visibility of drags and transgenders on YouTube in the Brazilian context and the processes of identity constitution in a specific YouTube channel (“Para Tudo” channel). The study shows how the recognition processes could be present in the comments of the same videos. In seeking visibility, identity, and recognition in society, we hypothesized that YouTube could be a place for the construction of common semantics. The study built a semiotic analysis of the videos in search of identity performance and the quantitative analysis of the argumentation and structure in the video comments in search of evidence of recognition (or not).

Keywords: Semiotic. Visibility. Recognition.

Paper / PDF


Download PDF

  Bibliografia

Referências

CASTILHO. Ataliba C. de & CASTILHO, Célia M. M. de. Advérbios Modalizadores. In: ILARI, Rodolfo (org.). Gramática do Português Falado. Vol. II. Níveis de Análise Lingüística. Campinas: Unicamp, 1993.

DE LAURETIS, Teresa. Queer theory: Lesbian and gay sexualities. Indiana University Press, 1991.

DUBOIS, Jean et al. Dicionário de Lingüistica. São Paulo: Cultrix, 2001.

FRAGOSO, Suely; RECUERO, Raquel; AMARAL, Adriana. Métodos de pesquisa para internet. Porto Alegre: Sulina, v. 1, 2011.

HABERMAS, Jürgen. Pensamento pós-metafísico: ensaios filosóficos. Coimbra: Almedina, 2004.

HABERMAS, Jürgen. Direito e democracia: entre faticidade e validade. v I. 2 ed. trad. Flávio Beno Siebeneichler. Rio de Janeiro: Tempo Brasileiro, 2003.

HINE, Christine. Virtual ethnography. Local?: Sage, 2000.

HONNETH, Axel. Luta por reconhecimento: a gramática moral dos conflitos sociais. São Paulo: Ed 34., 2009.

JODAR, Daiane Karla Correia. A modalização epistêmica e deôntica em entrevista: um exercício em análise. Revista Travessias Interativas. V.10 2015. Disponível em < http://www.travessiasinterativas.com/_notes/vol10/daiane.pdf>

KOZINETS, Robert V. Netnography: Doing ethnographic research online. Sage publications, 2010.

KOCH, Ingedore Villaça. Linguagem e ação. In: A inter-ação pela linguagem. 7 ed. São Paulo: Contexto, 2001. São Paulo: Contexto, 2001. pp. 13 – 28. (Repensando a língua portuguesa).

LOURO, Guacira Lopes. Um corpo estranho – ensaios sobre sexualidade e teoria queer. Belo Horizonte: Autêntica, 2013.

MAIA, Rousiley C. M. Identidades coletivas: negociando novos sentidos, politizando as diferenças. Revista Contracampo, n. 05, 2000.

NÖTH, Winfried. Panorama Da Semiótica de Platão. Annablume, 1996.

SANTAELLA, Lucia et al. Por uma semiótica não-tergiversante: análise do site Conductor-MTA. me. LÍBERO. n. 28, p. 37-76, 2011.

SANTAELLA, Lucia. A teoria geral dos signos. Como as linguagens significam as coisas. São Paulo: Pioneira, 2000.

SANTAELLA, Lucia. Matrizes da linguagem e pensamento: sonora, visual, verbal: aplicações na hipermídia. Editora Iluminuras Ltda, 2005.

SANTAELLA, Lucia. Semiótica aplicada. São Paulo: Cengage Learning Editores, 2002.

STJERNFELT, Frederik. Natural propositions. The actuality of Peirce’s Doctrine of Dicisigns. Boston: Docent Press, 2014.

WINTER, Vera. Lúcia; MÜLLER, Liane Filomena. PORTUGUÊS II. 2008 Disponível em <https://letras.faccat.br/moodle/mod/resource/view.php?id=214> Acesso em 11/2016.

 

 

 

  • RSS
  • email
  • Digg
  • del.icio.us
  • Facebook
  • Google Bookmarks
  • LinkedIn
  • MySpace
  • Netvibes
  • StumbleUpon
  • Tumblr
  • Twitter
 فروش فایل آگهی رایگان